As mudanças que ocorrem a nível global criam riscos interconectados e o aumento da vulnerabilidade, gerando grandes desafios. O gestor público nesse cenário é essencial no desenvolvimento economicamente sustentável, pois suas ações ou omissões podem causar graves efeitos deletérios à sociedade e prejuízos incalculáveis a longo e curto prazo, afetando toda a geração presente e futura, local e global.

Ainda assim, as implicações e demandas por trás dessas políticas não são sempre entendidos em sua plenitude por uma gama considerável da sociedade. A responsabilidade do gestor público transcende ao interesse privado, e não deve ser usado como um rótulo, mas verdadeiramente como iniciativa de ações de interesse público, com o fim de atender toda uma coletividade. Para se alcançar o Desenvolvimento Economicamente Sustentável as Políticas Públicas devem estar apoiadas em três pilares: sustentabilidade social, ambiental e econômica.

Dessa forma, o curso de Políticas Públicas pretende qualificar e introduzir os alunos que se postem como efetivos instrumentos de promoção ao desenvolvimento humano e ao bem-estar social. Ofertando uma formação interdisciplinar na qual o aluno esteja habilitado a compreender o Estado brasileiro e as instituições que com ele interagem na avaliação das políticas públicas em organizações diversas e em distintos contextos políticos, econômicos e sociais.